Notícias

Inauguração oficial da 42 Porto com a ambição de ser “a melhor escola de tecnologia do país”
18 Julho 2022
Inauguração oficial da 42 Porto com a ambição de ser “a melhor escola de tecnologia do país”
Ainda cheira a novo nas instalações da 42 Porto, no Palácio dos Correios, oficialmente inauguradas na quinta-feira à tarde. O espaço onde se encontra instalada a escola de programação já tem cerca de 150 candidatos a prestar provas, na primeira de três "piscines” – a última fase do processo de seleção até ao arranque do programa, em outubro – que teve início no dia 11 de julho.

O ambiente é descontraído, o espaço amplo e há mesas corridas preenchidas por computadores. A abertura no Porto da 42, que se apresenta como a melhor escola de programação do mundo, ainda é recente, mas no interior a atividade fervilha. Ali aprendem-se competências inovadoras no campo da tecnologia, seguindo um modelo de aprendizagem que oferece formação gratuita, sem professores, sem horários, sem requisitos.

A escola no Porto é a 43.ª abertura da 42, e vão seguir-se Londres e Berlim. O objetivo é continuar a crescer, sublinhou o diretor da 42 em Portugal, Pedro Santa Clara: "A nossa ambição é grande. Acreditamos que vamos ser a melhor escola de tecnologia do país.”

"A escola é uma iniciativa da sociedade civil com o apoio de um grupo de mecenas. A Câmara do Porto tem um papel muito importante, porque é a primeira vez que temos uma instituição pública a apoiar um dos nossos projetos”, acrescentou o responsável, endereçando um agradecimento aos primeiros alunos da 42 Porto: "São muito especiais, porque acreditaram. Estão a apostar numa carreira futura. Obrigado por todo o esforço que fizeram.”

A cerimónia de inauguração oficial da 42 Porto contou com a presença dos vereadores da Economia, Emprego e Empreendedorismo, Ricardo Valente, e da Educação, Fernando Paulo, que conheceram as instalações da escola e conversaram com alguns dos alunos.

A terminar, antes de os convidados rumarem ao terraço do edifício para um momento mais descontraído, houve uma curta conversa, moderada por Pedro Santa Clara, que abordou a importância da qualificação e do talento. Ricardo Valente, o fundador da Critical Software, Gonçalo Quadros, e o CTO da SaltPay, Marcus Bronstein, refletiram sobre o valor da tecnologia para o desenvolvimento económico.

"Este projeto casa de forma perfeita com a nossa estratégia de desenvolvimento económico. A cidade quer ser um hub de talento. Desde 2016 desenvolvemos uma estratégia de apoio ao talento, colmatando o que não é feito pelo sistema tradicional”, indicou o vereador, destacando iniciativas como a Porto. for talent ou o Porto skills academy.

No futuro, admitiu Ricardo Valente, a 42 Porto poderá associar-se a um marco importante da cidade: "Este é um projeto educativo importante para a cidade, que está agora no centro da cidade, mas que espero daqui a dois anos esteja na parte oriental, no Matadouro, um projeto-âncora da cidade.”

A 42 Porto tem como parceiros fundadores a Critical Techworks e a SaltPay, e conta ainda com um grupo de mecenas que incluem a Câmara do Porto, Amorim, BA Glass, Ecosteel, Sodecia, Sogrape, Sonae, Prozis, Vicaima, João Nuno Macedo Silva e Lionesa.

Porto. Câmara Municipal
Copyright ©2023 Porto. Câmara Municipal
InvestPorto