Notícias

Mercado de escritórios no Porto mantém forte dinâmica e procura por áreas de grande dimensão
08 Julho 2022
Mercado de escritórios no Porto mantém forte dinâmica e procura por áreas de grande dimensão
O relatório Office Flashpoint da JLL, relativo ao mês de maio de 2022, revela a continuação de uma forte dinâmica de ocupação de escritórios no Porto. 

O take-up mensal do mercado de escritórios no Grande Porto repartiu-se por 7 operações e totalizou 8.500m2, dos quais 6.000m2 se referem a espaços na cidade do Porto. Esta procura encontra-se bastante dirigida a áreas com dimensão relativamente elevada, conforme denotado pela área média dos escritórios arrendados durante o mês de maio (1.216 m2). 

Em maio, destacaram-se, no Porto, as operações da Saltpay – arrendamento de mais de 4.700m2 no Porto Business Plaza (CBD Baixa) – e da Sodecia – arrendamento de mais de 1.300m2 no Oporto Bessa Leite (CBD Boavista).

De um ponto de vista year-to-date, o take-up anual no Grande Porto ascendeu a 23.500m2, superando em mais de três vezes os 6.800 m2 registados no ano anterior. As empresas de "TMT’s & Utilities” têm sido as mais dinâmicas, gerando 50% do take-up anual, embora as empresas de "Serviços a Empresas”, com 31% da área, também se tenham destacado.
Em termos geográficos, o CBD-Baixa (30% do take-up anual à data) e o CBD-Boavista (23%) têm sido as áreas com maior procura.

Em balanço, Sofia Tavares, Head of Office Leasing da JLL, refere que "a ocupação em maio confirmou o momento robusto da atividade, com crescimentos de mais de 200% face ao mês homólogo quer em Lisboa quer no Porto”. Contudo, e "apesar da instabilidade geopolítica na Europa e da pressão inflacionista generalizada”, a especialista considera que "o principal entrave da procura de escritórios continua a ser a escassez de oferta adequada e moderna”. 


Porto. Câmara Municipal
Copyright ©2023 Porto. Câmara Municipal
InvestPorto