Notícias

Startup do Porto que cria humanos digitais recebe investimento de 4,4 milhões
12 Dezembro 2019
Startup do Porto que cria humanos digitais recebe investimento de 4,4 milhões
Dinheiro Vivo

A Didimo é uma startup do Porto que está a atrair a atenção do mercado porque consegue criar versões digitais de qualquer ser humano de alta fidelidade. Acabou de levantar um investimento de 4,4 milhões de euros junto de parceiros portugueses. Depois de provar que esta tecnologia funciona, 2020 vai ser o ano em que a empresa fundada por Verónica Orvalho vai começar a vender e duplicar a equipa para mais de 40 pessoas. No final do próximo ano, a Didimo também vai apostar no mercado da saúde.

 "O objetivo principal é começar a vender esta tecnologia para o mercado internacional do entretenimento digital e do retalho”, salienta Verónica Orvalho, líder e fundadora da Didimo, em entrevista ao Dinheiro Vivo. A injeção de capital também é crucial para financiar a contratação de talento, "que na área onde nós trabalhamos, de alta tecnologia, nos obriga a procurar os melhores profissionais, que são muito caros”.

 Portugal Ventures, Farfetch, Bynd Venture Capital, Beta-i e a LC Ventures foram as entidades portuguesas que participaram nesta operação, numa aposta deliberada de Verónica Orvalho. "Houve uma grande preocupação em contar sobretudo com investidores portugueses. Quis puxar pelo nosso ecossistema.”

Copyright ©2020 Porto. Câmara Municipal