Notícias

Imobiliário
28 Maio 2020
Arrendamento: estudo da JLL aponta zona do rio e Foz como as melhores para investir no Porto
Construir

As zonas do eixo da Marginal, de rio e mar, como Lordelo do Ouro, Massarelos, Foz, Nevogilde são apontadas pela consultora JLL como as mais apelativas para os proprietários que colocarem as suas casas no mercado de arrendamento residencial, no Porto.

Os dados constam de um estudo designado "Investir no Mercado de Arrendamento”, que destaca a competitividade do imobiliário face a outras classes de ativos, ao apresentar retornos mais elevados e mais estáveis no médio e longo prazo, além de o comportamento da rentabilidade do investimento em ativos residenciais, salientando a sua estabilidade e resiliência, mesmo em tempos de crise.

No Porto, observa-se um ritmo de absorção média inferior a 3 meses, o que revela uma enorme procura. A JLL destaca ainda uma rentabilidade média superior a Lisboa, situada acima dos 4% na generalidade do território. A zona do rio e Foz apresentam-se como as mais apelativas para o investimento em arrendamento, exibindo as rendas prime mais elevadas da cidade e também um rendimento médio dos agregados familiares mais elevado.

"Este estudo pretende ser um guia para quem olha para o imobiliário residencial como forma de aforro numa perspetiva de médio e longo-prazo. Aqui colocamos as questões básicas para quem quer obter rendimento com o arrendamento residencial, nomeadamente quais as melhores zonas para investir? Quem está a arrendar e a que preços? E por fim, recomendamos a quem quer investir neste mercado, qual o tipo de casa que deve procurar de acordo com os seus objetivos e as tendências que estão a emergir na procura”, explica Maria Empis, Head of Strategic Solutions da JLL.

Copyright ©2020 Porto. Câmara Municipal