Notícias

Francesa Devoteam já trabalha a partir do coração da cidade do Porto
09 Maio 2022
Francesa Devoteam já trabalha a partir do coração da cidade do Porto

São 500 m2 em pleno coração da cidade para albergar seis dezenas de talentos, e dali se nutrirá a relação da Devoteam com toda a região norte do país. A inauguração dos novos escritórios da consultora tecnológica francesa, na Avenida dos Aliados, contou, na manhã desta quinta-feira, com a presença do presidente da Câmara do Porto.

Rui Moreira sublinhou a importância destes momentos, "quando percebemos que as empresas estão a crescer, a apostar em recursos humanos, na tecnologia, e estão a investir na cidade”.

O autarca não tem dúvida de que o papel dos políticos nesta equação é o de "descomplicar” e destacou o conhecimento que existe na cidade como fator vital para a atração de talento e de investimento.

Os novos escritórios da Devoteam têm capacidade para 60 pessoas e são vizinhos de outras empresas que se vêm instalando no Palácio dos Correios. O presidente da Câmara do Porto acredita que estes centros tecnológicos são "verdadeiros ecossistemas”, que demoram a crescer e "precisam de muitas componentes”.

"A cidade do Porto não se torna num hub tecnológico porque o presidente da câmara um dia decidiu. As ideias extraordinárias não chegam, é preciso construir”, reforçou, com a certeza de que o Porto dispõe das componentes essenciais: "Temos talento, uma grande universidade, uma cultura muito aberta, somos uma cidade que recebe bem, que gosta de se abrir. E temos o facto de acreditarmos que a cidade é confortável e interessante”.

"Este é um tempo de grandes oportunidades, grandes riscos, e grandes desafios. É nestes momentos que cada um de vós e cada um de nós tenta fazer a diferença”, concluiu.

A Devoteam chega ao Porto com o objetivo de atingir um volume de negócios de 75 milhões de euros. Defendendo a ideia de que "tínhamos mesmo que estar no coração desta belíssima cidade”, o diretor administrativo da consultora em Portugal, Bruno Mota, garantiu que este momento "não representa só a inauguração de um novo espaço e o crescimento da empresa, mas também o reforço da nossa aposta na região norte, na criação de emprego, na construção de uma rede de contactos e parcerias locais e também na dinamização da economia da cidade”.

O responsável assumiu o "plano ambicioso” da empresa para os próximos anos e a importância deste passo dado no Porto. "Quando aliamos as melhores pessoas às melhores tecnologias temos a força que precisamos para desbloquear o futuro”, acredita, deixando o compromisso de que "estamos cá para dinamizar a região e criar impacto nesta maravilhosa cidade”.

Francesa quer contribuir para a Silicon Valley portuguesa

Também presente na inauguração, o diretor administrativo do grupo Devoteam, Sebastien Chevrel, sublinhou que este é "um ano importante para nós”, com a empresa a alcançar os mil milhões de euros, dez mil talentos e 25 geografias.

Para Sebastien Chevrel, os escritórios no Palácio dos Correios, que considera com potencialidade para serem líderes, são "uma porta para chegar à Silicon Valley do país, da Europa talvez”, por darem a oportunidade de dialogar com outras empresas inovadoras.

Lembrando que a Devoteam entrou no país com um escritório em Lisboa, o diretor administrativo falou diretamente para Rui Moreira: "Sei que luta contra a centralização de Lisboa. E, se queremos ter impacto real em Portugal, temos que ter um forte impacto no norte. E conseguimos ter impacto estando no norte”.

Porquê o Porto? Sebastien Chevrel reconheceu que "a vida na cidade está cada vez melhor” nos campos social e económico, mas também de sustentabilidade, segurança, acessibilidade, ou mobilidade, que tanto atrai as empresas. "Pode contar connosco para contribuir”, garantiu.

Porto. Câmara Municipal
Copyright ©2023 Porto. Câmara Municipal
InvestPorto