Notícias

Líder do transporte marítimo atraca no POP da Boavista e está à procura das “pessoas certas”
17 Maio 2022
Líder do transporte marítimo atraca no POP da Boavista e está à procura das “pessoas certas”

É uma história que já vem navegando há dois anos e chega agora ao (bom) Porto. Uma das empresas líderes no transporte marítimo, a Maersk, inaugurou, nesta segunda-feira, um centro tecnológico no Porto Office Park (POP), na Boavista, com a presença do presidente da Câmara do Porto, Rui Moreira, e do vereador da Economia, Emprego e Empreendedorismo, Ricardo Valente. Até 2023, a empresa conta chegar aos 150 trabalhadores.

Convidado a cortar a fita ao lado do diretor de comércio eletrónico da gigante dinamarquesa, Christoph Strok, Rui Moreira partilhou como "é bom encontrar uma empresa como a Maersk interessada no que tem estado a acontecer no Porto”.

"Há 13 ou 14 anos, a única coisa em que pensávamos era em como impedir que as pessoas emigrassem para trabalhar na Maersk. Copenhaga é um ótima cidade para visitar, mas é melhor ficar aqui e inovar a partir daqui”, sublinhou o presidente da autarquia, que lembrou como "a cadeia de valor está a mudar” no sentido do desenvolvimento do comércio eletrónico.

A partir do sétimo piso do POP, Rui Moreira mostrou-se "feliz que a Maersk se esteja a envolver nisso e a sedear as suas operações aqui no Porto”.

A vinda da dinamarquesa para a cidade remonta a 2019, com o investimento de 1,5 milhões de euros na startup portuense HUUB, focada na gestão da cadeia de canais de marcas na área da moda. O trabalho, o crescimento e as várias rondas de investimento que foram atraindo chamaram a atenção da multinacional, apostada em entrar na área de comércio eletrónico, e a aquisição da startup aconteceu em setembro do ano passado.

O responsável da gigante do transporte marítimo explica que investiram na HUUB "porque vimos ali grande talento tecnológico e talento transforma-se em trabalho, o que é muito mais importante”.

"A pergunta é sempre: onde é que se encontram as pessoas certas, o espírito, o know-how, o compromisso para construir a cadeia de valor do futuro?”, questiona Christoph Strok, com a resposta pronta: "Nós encontrámos nestes três rapazes”, os fundadores da startup.

Sublinhando a importância da colaboração entre as duas, o responsável da multinacional confessou-se "muito satisfeito por ter encontrado tanto talento de gestão de produto e tecnologia aqui no Porto e espero que possamos fazer sempre mais”.

O novo centro tecnológico da Maersk ocupa 850 metros quadrados no Porto Office Park e arranca a operação com 50 trabalhadores, mas o objetivo é triplicar a equipa até 2023. Considerado um dos mais modernos edifícios de escritórios da cidade, o POP é constituído por dois blocos que integram as mais avançadas soluções tecnológicas e de eficiência energética, num total de 31.500 m2 de área de construção bruta mais 15 mil m2 de áreas verdes exteriores.

De acordo com o jornal ECO, só no último trimestre, as receitas da Maersk atingiram os 19,3 mil milhões de dólares, um crescimento de 55% em relação ao trimestre homólogo, levando o EBITDA da empresa em 2022 para os 30 mil milhões de dólares.

Porto. Câmara Municipal
Copyright ©2022 Porto. Câmara Municipal
InvestPorto