Notícias

Talkdesk
06 Outubro 2020
Talkdesk contrata 700 em ano de pandemia
Dinheiro Vivo

Há três anos que a Talkdesk pretende chegar aos 1000 funcionários em 2020. A plataforma fundada em 2011 pelos portugueses Tiago Paiva e Cristina Fonseca ajuda as empresas a personalizarem o atendimento telefónico aos clientes com um sistema na cloud, ou seja, sem necessidade de infraestrutura física. Em ano de pandemia, a empresa superou o objetivo e está a contratar 700 pessoas.

"Já somos 1050”, indica João Coelho, um dos dois responsáveis de pessoal da tecnológica. Desde 2018 que a Talkdesk é um unicórnio, sendo avaliada pelos investidores em mais de 1000 milhões de dólares. 

Até ao final do ano, vão entrar mais 600 trabalhadores para a tecnológica, metade dos quais em Portugal. "Teremos mais de 1500 pessoas até ao final deste ano. Estamos a preparar as nossas equipas de recursos humanos para conseguirmos assegurar o cumprimento deste objetivo, ambicioso, mas realista.” Para cumprir esta meta também haverá uma ajuda do programa Tech Dojo, de integração de recém-licenciados e de mestrados em Engenharia Informática.

O grande motor para estas contratações é a ronda de investimento de 143 milhões de dólares, anunciada pela Talkdesk no final de julho e que permitiu uma subida da avaliação da tecnológica no mercado para mais de três mil milhões de dólares. Mais de 1800 empresas em todo o mundo já usam esta plataforma: IBM e Trivago são alguns das clientes mais famosas.

Copyright ©2020 Porto. Câmara Municipal