Notícias

Feedzai
04 Agosto 2021
Unicórnio português Feedzai compra plataforma biométrica Revelock
Dinheiro Vivo
A tecnológica portuguesa Feedzai anuncia hoje a compra da plataforma biométrica Revelock, uma startup promissora sediada em Madrid que se especializou em análise comportamental pré-transação para prevenir crimes financeiros em tempo real. Esta é a primeira aquisição do unicórnio português depois de levantar uma ronda de financiamento de 200 milhões de dólares no início do ano, sendo que o valor do negócio não foi divulgado.

Caracterizando a Revelock como "a plataforma biométrica comportamental mais avançada do mundo", a Feedzai explica que a adição da tecnologia lhe permitirá criar a maior Rede de Inteligência Financeira a nível global.

"O nosso objetivo sempre foi tornar o comércio digital seguro para todos. Adicionar a tecnologia da Revelock ao arsenal dos nossos clientes muda o paradigma", afirmou o CEO Nuno Sebastião. "A Feedzai já assegurava as transações em tempo real, agora estamos a falar de atuar na fase pré-transação, onde é possível efetivamente prever e prevenir um crime financeiro antes mesmo que aconteça."

A premissa é de que combinar as tecnologias de inteligência artificial da Feedzai e a inteligência biométrica da Revelock criará uma rede avançada com mais de um trilião de pontos de dados, sessões e perfis de utilizadores. A Feedzai tem uma tecnologia proprietária, Segment-of-One profiling, que usa 150 biliões de pontos de dados para decidir se a transação é fraudulenta ou não.

A Revelock adiciona a inteligência biométrica de cada utilizador, dispositivo e sessão conectada ao sistema. Com a compra da empresa espanhola, a Feedzai acrescenta dados biométricos comportamentais à sua plataforma e agrega informação enriquecida em modelos que criam inteligência preditiva.

Os perfis hipergranulares anónimos da Revelock, explicou o CEO Pablo de la Riva, permitem ao sistema detetar as mudanças mais subtis no comportamento do utilizadores. Por exemplo, consegue identificar diferenças na forma como alguém segura o telefone, a rapidez com que navega numa aplicação bancária ou a forma como digita a sua palavra passe. A partir daí, o sistema prevê se uma determinada sessão é ou não confiável.

"Construímos a Revelock para ajudar o comércio global a identificar se alguém é realmente quem diz que é quando está a fazer transações online", afirmou De la Riva.

O negócio é particularmente relevante numa altura em que a digitalização está a acelerar devido à pandemia de covid-19: muitas empresas tiveram de migrar para pagamentos digitais sem contacto, o comércio sem dinheiro cresceu e muitos consumidores migraram para serviços bancários e comerciais online. Esta realidade tornou mais prementes os riscos de crimes financeiros e o aumento da carga de risco para bancos, ​​​​​​processadores de pagamentos e comerciantes, que são os clientes servidos pela Feedzai.

"Mais de 20% do dinheiro do mundo flui pela Feedzai, e garantimos as contas bancárias de uma em cada cinco pessoas", continuou Nuno Sebastião. "Já sabíamos quais os contextos transacionais de 800 milhões de consumidores, mas agora, com a Revelock, adicionamos inteligência fundamental no processo para saber como a transação ocorre." O resultado, disse o CEO, é que a experiência do consumidor vai tornar-se mais rápida, privada e segura.

Porto. Câmara Municipal
Copyright ©2021 Porto. Câmara Municipal
InvestPorto